Vidente faz alerta e diz que tragédia está por vir: ‘Ela envolve todos nós’

Carlinhos é um dos videntes mais conhecidos do país. Seu nome virou quase uma marca, quando no fim de novembro, uma tragédia envolvendo o time da Chapecoense chocou todos os brasileiros. Naquela ocasião, uma aeronave que levava os jogadores do time de Santa Catarina, acabou caindo na cidade de Medellín, na Colômbia. 71 pessoas faleceram. Apenas seis sobreviveram. Coincidência ou poderes paranormais? Ninguém sabe ao certo, mas Carlinhos, meses antes do avião caiu, acabou avisando, em um programa de avião, o destino de um clube inteiro. Infelizmente, a tragédia da Chapecoense acabou acontecendo no momento que o time inteiro comemorava o fato de estar na final da Copa Sul-Americana.

O pior mesmo é que Carlinhos garante que a tragédia com o clube brasileiro não será a única que está por vir. Ele fez previsões recentes e muitas delas envolvem todos nós? Duvida? Uma delas é sobre um forte terremoto que atingiria a cidade de São Paulo. Os abalos seriam tão fortes que até mesmo países vizinhos registrariam os tremores, como o Chile. A destruição e prejuízo financeiro seriam fortes, pois ele garante que mais de 100 prédios viriam a ruir. Carlinhos não fala em mortes, mas dificilmente um fato envolvendo tantas edificações sairia sem vítimas.

Já o Rio de Janeiro viveria uma tragédia mais comum, envolvendo as chuvas de verão. Assim como aconteceu no início da década, a Serra Fluminense seria alvo de um novo deslizamento de terra. Dessa vez, entre 200 e 300 pessoas morreriam. Na tragédia anterior foram quase mil mortos. O suposto #Vidente ainda previu mudanças nos rumos políticos do país, dizendo, por exemplo, que Michel Temer não chegaria ao segundo semestre. Os problemas políticos fariam com que ele renunciasse entre abril e junho. O país seria governado temporariamente pelo presidente da Câmara e tentariam antecipar as Eleições, nas quais o Senador Alvaro Dias seria o grande vencedor.

Na sua opinião, é mesmo possível prever o futuro? Deixe seu comentário. Sua opinião é importante.

Comments

comments

Você pode gostar...